28 de fev de 2014

Por uma vida sem catracas



A história e as ações do Movimento do Passe Livre - SP. 
Direção, roteiro e concepção: Carlos Pronzato 
Direção de produção: Cristiane Paolinelli 
Edição: Juca Badaró 
Abertura, teasers e pesquisas de imagens adicionais: Richardson Pontone 
Trilha: Apanhador Só "Feliz 2014"; El Efecto "Pedras e sonho"; Anthrax "In to the end" 
Realização: Lamestiza Audiovisual 
Brasil, fevereiro de 2014.

27 de jun de 2013

Haddad cancela licitação do sistema de ônibus e promete abrir planilha dos transportes

por Gisele Brito do Rede Brasil Atual, 23/06/2013
Conselho popular será formado. MPL, movimento que iniciou as discussões, condiciona participação a organismo não ser mera formalidade. O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), afirmou hoje (26) durante entrevista para o programa SPTV, da Rede Globo, que irá suspender o processo licitatório para as novas concessões de ônibus na cidade até que seja instalado o Conselho Municipal de Transportes. O edital dessa licitação estava em fase de consulta pública desde o dia 13 deste mês. O valor total era de cerca de R$ 46,2 bilhões, sendo R$ 35,2 bilhões para empresas de ônibus pelo período de 15 anos e R$ 11 bilhões para as cooperativas permissionárias por sete anos. Os atuais contratos, estabelecidos ainda na gestão Marta Suplicy (PT), serão prorrogados. [mais]

20 de jun de 2013

Durante entrevista a blogueiros, integrantes do MPL celebram a vitória, falam em infiltrados e expõem próximos passos

Fomos convidados para um encontro com integrantes e apoiadores do Movimento Passe Livre (MPL), que nas últimas duas semanas protagonizaram um episódio histórico: levaram o povo de volta às ruas para reivindicar. Desde crianças a pessoas da terceira idade. Foram vítimas de repressão só comparável àquela empregada pela Polícia Militar paulista na desocupação do Pinheirinho, em São José dos Campos. No meio da conversa, a notícia: o governador Alckmin e o prefeito Haddad anunciaram a redução das tarifas conforme o reivindicado pelo movimento. Houve celebração. Dentre os convidados, os blogueiros Rodrigo Vianna, Altamiro Borges, Leonardo Sakamoto e este que lhes escreve, o empresário de mídia Joaquim Palhares, o ativista Sergio Amadeu e a jornalista Maria Inês Nassif. O objetivo era, basicamente, dizer que “sim, somos de esquerda e temos uma pauta de esquerda”. Ou: “Não, não seremos manipulados pela pauta da direita”. O professor de História Lucas Oliveira, o Legume, falou em nome do MPL. Ele e ativistas ligadas ao movimento descreveram a unidade que conseguiram forjar com integrantes de partidos de esquerda nos últimos dias — PSOL, PSTU e PCO, entre outros — além de militantes do PT e de um grande número de movimentos sociais, dentre os quais se destacam o MST, a UJS (do PCdoB) e a UNE [mais]

19 de jun de 2013

Prefeituras de São Paulo e Rio de Janeiro anunciam redução dos preços das passagens

Avenida Paulista em festa após a revogação do aumento das passagens em São Paulo (foto JF Diório/Estadão 19/06/2013)


Bruno Boghossian, FSP, 19/06/2013 
Alckmin e Haddad decidem voltar tarifa de ônibus e metrô para R$ 3 
Após negociação entre os governos municipal e estadual, a tarifa de ônibus, metrô e trens de São Paulo voltará a custar R$ 3. O anúncio foi antecipado pela Folha, e anunciado pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB) e pelo prefeito Fernando Haddad (PT), na noite de hoje, no Palácio dos Bandeirantes. Em coletiva, Alckmin falou que o retorno da tarifa para R$ 3 representa um "esforço" e acrescentou que serão cortados gastos para que a mudança seja possível. Já o prefeito afirmou que "investimentos serão comprometidos" por conta disso [mais]

Julia Duailibi e Fernando Gallo - O Estado de S. Paulo
Haddad e Alckmin anunciam redução de tarifas do tranporte público em SP 
Texto atualizado às 18h06
SÃO PAULO - O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT) e o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB) anunciaram nesta quarta-feira, 18, a redução da tarifa de ônibus e trens do Metrô e da CPTM. O anúncio foi feito em coletiva no Palácio dos Bandeirantes. Com a decisão, o valor das tarifas, atualmente em R$ 3,20, volta a custar R$ 3 [mais]

O Globo / 19/06/13 - 18h19
Paes recua e anuncia que passagens voltarão a custar R$ 2,75
Medida é uma negociação conjunta das prefeituras do Rio de Janeiro e de São Paulo e dos governos dos dois estados
RIO — O prefeito Eduardo Paes disse que vai reduzir a tarifa das passagens de ônibus para R$ 2,75. A informação é da colunista do jornal O GLOBO Flávia Oliveira. O valor havia sido aumentado para R$ 2,95 no dia 1º de junho. A medida é uma negociação conjunta das prefeituras do Rio de Janeiro e de São Paulo e dos governos dos dois estados [mais]

outras notícias

Carta Capital 19/06/2013
MPL: "Conquistamos a principal pauta de reivindicação"
O estudante Caio Martins diz, contudo, que o ato de amanhã em SP será mantido para "celebrar a conquista, apoiar os movimentos em outras cidades e em solidariedade aos detidos e processados"

Estadão 19/06/2013
Integrantes do Passe Livre se emocionam ao saber da redução das tarifas em SP [mais]



17 de jun de 2013

Nota do MPL sobre reunião na Prefeitura

Passe Livre São Paulo (Notas) em Segunda, 17 de Junho de 2013 às 15:09 (pelo Facebook)

Na manhã de hoje, 17/06, o Movimento Passe Livre (MPL) foi convocado para uma reunião com o Secretario de Governo, João Donato, para discutir a participação do movimento no Conselho da Cidade. A militante do MPL destacada para essa função foi surpreendida pela presença, não informada previamente, do prefeito Fernando Haddad. O prefeito fez diversos apontamentos e justificou que não é possível revogar o aumento da tarifa por motivos técnicos.
Contudo, os aumentos de tarifa não se tratam de uma questão técnica, mas política, como provam os diversos lugares em que a pressão popular conseguiu os reverter. Mesmo com a presença surpresa do prefeito, essa conversa não tinha o poder de negociar a revogação do aumento. O MPL vem a público reforçar a necessidade de estabelecer um espaço de negociação sobre a pauta única das manifestações – a revogação do aumento. Sendo assim mantemos o convite para o prefeito, Fernando Haddad, se reunir com o MPL na quarta-feira, 19/06, às 10h no sindicato dos jornalistas.

MPL-SP

outras notícias

Governo recua e libera marginal e Paulista para manifestantes FSP 17/06/2013 - 13h42

Governo de SP se compromete a respeitar trajeto e não usar bala de borracha - Gil Alessi / UOL, em São Paulo - Atualizada 17/06/201315h37

Roda Viva entrevista líderes do Movimento Passe Livre / Edição vai ao ar nesta segunda-feira (17/6) às 22h, ao vivo, na TV Cultura e no Portal cmais+


Segunda 17 de junho de 2013